O Dia dos Namorados vem aí

Dia dos Namorados

Comemoração romântica, onde os apaixonados costumam trocar presentes e juras de amor…

Nós não poderíamos ficar de fora, então, vamos conhecer um pouco mais sobre esta data?

O Dia dos Namorados é comemorado no Brasil em 12 de junho, mas em outros países é no dia 14 de fevereiro. As duas datas se referem a santos.

DIA DOS NAMORADOS NO BRASIL

Aqui Brasil, há muitos anos, no dia 12 de junho é comemorado o Dia dos Namorados. Em outros países, ta,bém se comemora o Dia dos Namorados, mas é no dia 14 de fevereiro, como por exemplo, nos Estados Unidos. Lá é chamado de Valentine’s day, ou seja, “Dia de São Valentim”. Mas por que esta diferença entre as datas de comemoração? E por que se refere a um santo?

amor

Para entendermos o motivo do dia dos namorados ser comemorado em vários dos países do mundo no dia 14 de fevereiro, é preciso saber de História, mais precisamente, da transição da Antiguidade para Idade Média.

Durante os três primeiros séculos dessa era, o cristianismo avolumou-se no coração do Império Romano. Muitas pessoas que viviam na Europa, antes adeptas das religiões pagãs, converteram-se à religião cristã e passaram a exercer uma conduta que se ajustava aos dogmas e à moral do cristianismo. Nesse contexto, muito imperadores empreenderam perseguições contra os cristãos, sobretudo contra aqueles que se destacavam ou realizavam alguma atividade que incomodava as determinações do Império.

Já no século III d.C., Valentim, um dos bispos da Igreja, celebrava casamentos de jovens cristãos que queriam levar adiante o sacramento do matrimônio. A instituição do casamento feria os interesses do então imperador Cláudio II, que via no matrimônio monogâmico algo nocivo aos jovens em idade militar. O imperador proibiu que se celebrasse o casamento. Entretanto, Valentim continuou levando a cabo suas atividades. Tendo contrariado as diretrizes do imperador, Valentim foi preso e, depois, decapitado em 14 de fevereiro de 270 d.C. O seu martírio fez com que a Igreja Católica considerasse-o santo a posteriori.

Especula-se, sem precisão histórica, que, quando Valentim estava preso, ele apaixonou-se por uma moça. Essa paixão resultou na troca de bilhetes de confissão amorosa. Com sua morte, Valentim teria se tornado símbolo da união amorosa, tanto por conta dos casamentos que celebrava quanto pelos bilhetes trocados. Sendo exata ou não, a história dos bilhetes ou cartões de conteúdo amoroso passou a circular na Europa medieval e moderna, acrescida das narrativas sobre a morte de Valentim. Aos poucos, essas histórias e a data de sua morte ficaram associadas ao dia dos namorados.

amor2

12 DE JUNHO

No caso do Brasil, o Valentine’s Day não teve a recepção que teve em outros países. No ano de 1949, João Dória, empresário do ramo de publicidade, elaborou um programa comercial que estaria relacionado com a comemoração do dia dos namorados no Brasil. O dia escolhido por Dório, no entanto, foi o 12 de junho, um dia antes da comemoração do dia de Santo Antônio, considerado o Santo Casamenteiro. Desde então, a data do dia 12 de junho segue sendo a data do dia dos namorados no Brasil.

Bacana saber de tudo isso, não?

Já escolheu o presente para seu amor?

Dê uma olhada na nossa loja virtual:

logo

 

Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on VKEmail this to someone